Estratégias de e-mail marketing baseadas no funil de vendas

É fato que o e-mail marketing, quando usado adequadamente, opera verdadeiros milagres no seu funil de vendas. Mas, você vai me perguntar: funil de vendas no e-mail marketing?

Sim! Temos o nosso próprio funil, como o de um departamento comercial off-line.

Para que você entenda melhor a relação do e-mail marketing com o funil de vendas, apresentamos as principais etapas de um funil, e algumas ações que podem ser feitas em cada uma delas:

  • Enviados: são aqueles que você resolveu impactar, dentro dos critérios de segmentação para este envio.
  • Entregues: ótimo, seu e-mail chegou. Onde? Na caixa de entrada? No lixo? Ninguém sabe de verdade. Se você já perdeu muitos até aqui, cuidado com a qualidade da sua base e da sua reputação.
  • Abertos: bom sinal! A pessoa se interessou pelo seu conteúdo e baixou as imagens. Em outras palavras, parou para te escutar. Agora, se pouca gente abriu seu e-mail, pode ser que você não tenha escolhido um bom assunto. O público está correto? Será que suas mensagens estão caindo no lixo? Como está a sua reputação?
  • Clicados: eba!!! Você motivou a pessoa a vencer a preguiça, clicar e avançar. Parabéns! E quem não clicou? Será que a oferta não era atraente? Ou as imagens não eram boas? O que faltou para a pessoa clicar???
  • Convertido: GOOOL!!! Você fez tudo certo, parabéns! Espera, não converteu? Deve haver algum problema no site. Mas não se esqueça que você sempre pode fazer uma campanha de abandono de carrinho ou de recuperação de interesse.

Perceba que o funil é, também, uma forma visual de entender os pontos críticos da sua estratégia de marketing, e um aliado e tanto na correção de rota, se necessário for. Ao organizar o seu funil com informações básicas, você poderá identificar em qual das etapas o contato está e escolher a melhor estratégia para se relacionar com ele.

E então, vamos organizar um funil?

Abraços e até a próxima!

Leonardo Kelmann

Email Solutions Specialist
leonardo@emailsolutions.com.br